Lançamento: Até eu te possuir por Soraya Abuchaim


Olá Catarina´s (os)!

A Soraya - Sol para os íntimos - é nossa colunista aqui no blog há algum tempo, na coluna Devaneios da Sol e antes do nascimento da Elis, já ouvia dizer que tinha um livro na gaveta, porém, não tinha data para ser continuado e quando soube que o livro tinha se tornado realidade fiquei imensamente feliz por vê seu sonho de transformar em realidade e claro que o meu de leitora também <3. 

Até eu te possuir é o primeiro livro da autora Soraya Abuchaim que, até então, tinha apenas contos publicados na Amazon e em seu blog literário Meu Meio Devaneio.

O suspense, que será lançado pela Ella Editorial, conta a história de Johanna Dorne, uma mulher que perdeu todas as pessoas que amou e, depois de se cansar de ser atingida pelas tragédias, resolveu viver quase reclusa.

Sem especialização, ela tem um emprego ordinário, que serve para parcamente pagar contas. Seu refúgio são os livros, já que tem uma enorme dificuldade em manter contato social.

Tudo o que Johanna passou a transformou em uma pessoa autodepreciativa e bastante confusa em relação aos seus sentimentos; ela acredita que é amaldiçoada ou terrivelmente azarada, e toca a vida sem expectativa nem coragem de acabar com tudo.

Ela se rasteja pelo mundo por muitos anos, sobrevivendo apenas, até conhecer o charmoso contador Michel Brum, que aparece de forma despretensiosa na sua vida, e logo se mostra um homem atencioso e quase perfeito, não fosse por algumas atitudes que ela aprende a tolerar, já que ele a salvou da existência patética que levava.

Johanna passa a viver relativamente feliz, embora ainda guarde muita dor no seu coração.

No entanto, quando ela pensa que a vida finalmente lhe concedeu uma trégua, Johanna descobre um segredo de Michel que a fará repensar a própria existência e a jogará de volta no abismo.

O lançamento do livro  será na Bienal de São Paulo esse ano, e a autora Soraya estará no stand da Modo Editora nos dias 27/08 às 18:30 e 28/08 às 16:45.

O livro já está em pré-venda no site da editora, e quem adquiri-lo ganhará brindes exclusivos. O link para comprar Até eu te possuir é http://goo.gl/eLdati.

Se quiserem entrar em contato com a autora, ela está nas redes sociais:
Instagram: @soraya_abuchaim
Twitter: @SolAbuchaim

“Quando quebramos um laço de confiança, mesmo que tecido por anos de convivência, fica difícil fazê-lo voltar à forma de antes. E para que um laço se rompa, basta uma atitude, uma frase, uma palavra.” Até eu te possuir

Siga o blog nas redes sociais:
Beijos Fê :*

Lançamento O Despertar do Lírio por Babi A. Sette.


Olá Catarina´s(os)! 

Faz algum tempo que não publico nada para vocês, porém, hoje venho trazer uma supernovidade. Nossa parceira linda e amiga Babi A. Sette lançou recentemente o livro O Despertar do Lírio que faz parte da Série Flores da Temporada, sendo o primeiro livro A Promessa da Rosa já resenhado aqui no blog.

A autora tem conquistado fãs por todo o País e espero que suas obras ultrapassem as fronteiras e voem ao longe para fazer vários apaixonados por livros sonharem assim como sonhei lendo suas obras. 

Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte. 

Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono da maior casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos. 

De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra reações ao lado dela das quais nunca imaginara ter. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.

Book Trailer - O Despertar do Lírio.
               

Book Trailer - A Promessa da Rosa + Resenha
                        
Entre o Amor e o Silêncio + Resenha 
                       


Sobre a autora: 
BABI A. SETTE nasceu em São Paulo, porém até os doze anos morou em quatro estados diferentes do Brasil. Ama viajar e conhecer novos lugares, e escreve sobre as cidades do mundo que teve a oportunidade de visitar. Acredita que todo o lugar que conhece ela deixa um pouco de si e carrega um pouco do lugar consigo, chegando a carregar pedaços do mundo todo.
Formada em Comunicação Social, sente-se metade socióloga e a outra, psicóloga. Isso porque ama as pessoas, as suas emoções e histórias. E nos presenteia com a estreia deste romance, Entre o amor e o silêncio.



Recadinho da Babi: Oi gente, tudo bem? bolei essa promoção com a ideia de criar uma interação maior comigo, blogs e leitores! Espero que gostem da idéia! 

QUE TAL FAZER A LEITURA BETA DO MEU PRÓXIMO ROMANCE e ainda ganhar mimos e livros assinados?


Participe da Promoção
🌟 RESENHA PREMIADA 🌟
Como?
Serão premiados dois grupos; Blogs e leitores. \0/
Vamos participar?


GRUPO 1 (LEITORES) - premiação através de sorteio, é super simples concorrer:
 Basta compartilhar esse banner com a#EuqueroserbetadaBabiASette marcar um amigo nesse post e preencher o formulário https://goo.gl/Y6sP74
PRONTO, você já está concorrendo no sorteio.
QUER MAIS CHANCES de ganhar?
Fique atento nas resenhas que serão divulgadas até o dia 27-07-16 nas minhas paginas com a frase "Resenha premiada". Quanto mais resenhas você comentar, mais chances você tem de ganhar. Cada comentário, em uma ou mais resenhas, garante mais uma entrada válida para o sorteio, é só preencher novamente o formulário com o link do seu comentário  https://goo.gl/Y6sP74
PRONTO, você está concorrendo com mais de um número.(válido apenas um comentário em cada resenha de blog participante.)


GRUPO 2 (BLOGS) - premiação através de sorteio, divulgação do blog e da resenha.
 Se você tem um blog ou Instagram literário há mais de seis meses e já resenhou ou vai resenhar "O despertar do lírio" preencha o formulário com o link da resenha  https://goo.gl/2JFwCQ
E PRONTO seu blog já está concorrendo.


*Você pode dar entrada com o link da sua resenha até o dia 27/07/2016
* As resenhas serão divulgadas em posts individuais e patrocinadas nas páginas da autora Babi A. Sette, até às 23:59 do dia 27/07/2016.
IMPORTANTE: Blogueiros que quiserem, podem concorrer pelos dois grupos. Para tanto, basta preencher também o formulário do sorteio.


PREMIAÇÃO: Os três blogs e os dois leitores sorteados, receberão o original do novo romance da Babi A. Sette - "Não me esqueças" (ainda em produção***) em até seis meses após o término dessa promoção. Receberão também, um exemplar de "A promessa da rosa" um exemplar de "O despertar do lírio", um carnet de baile, um leque de madeira, uma caneca e marcadores (ao termino dessa promoção). E tem mais! Os ganhadores receberão também um exemplar de "Não me esqueças" (ainda sem previsão de lançamento) quando o mesmo for publicado.
Bora participar?
Siga o blog nas redes sociais:
Beijos Fê :*

Resenha: Dorama Especial - Splash Splash LOVE


Olá Catarina´s(os)!

Splash Splash Love é um drama especial com dois episódios apenas e nos apresenta Dan Bi (Kim Seul-Gi) uma estudante colegial prestes a fazer um teste que decidirá sua vida. Esse Teste de Habilidade Acadêmica a deixa com os nervos à flor da pele e como andei lendo a respeito dos Sul-Coreanos a pressão em cima dos estudantes é esmagadora, confesso que fiquei assustada com tudo que li. Bom, o fato é que Dan Bi tem a habilidade de viajar através da chuva e no dia de seu teste ela acaba indo parar no período de Joseon.

Lee Do (Yoon Doo-Joon) é o Rei e está passando por momentos difíceis já que em seu reino não chove há 3 anos e seus conselheiros o culpam por tal situação. A chegada de Dan Bi não poderia ter sido em um momento mais adequado ou inadequado, depende de como se vê a situação. Lee Do, no princípio, quer lhe arrancar a cabeça, mas ela consegue convencê-lo de que será de grande ajuda para seu reinado e acaba indo dar aulas ao Rei e, claro, essa parte é megaengraçada – risos!


Essa viagem no tempo não ensina apenas a Dan Bi que ela é preciosa e útil para algumas realizações, mas também Lee Do aprendeu a viver por si mesmo e a fazer o que mais deseja, é melhor do que apenas receber ordens e fazer apenas o que esperam dele.

Splash Splash Love é uma trama um pouco tensa em certas cenas, mas a maioria das vezes é divertida e nos faz dar boas gargalhadas – risos! E por essa razão recomendo para que o assistam. No final das contas, Dan Bi precisa voltar ao futuro e viver sua vida sem medo do que será dele. Claro que este futuro ainda nos reserva algumas boas surpresas e fiquei feliz em tê-lo assistido.

PS. Ainda temos de bônus os erros de gravação e confesso que amei vê-los!


Titulo: Splash Splash Love
Tipo: Drama Especial
Gênero: Comédia, Fantasia, Histórico, Romance.
Episódios: 2
Duração: 1hr 10 min.
Linguagem: Coreano
Legenda: Português 
Onde assistir: Viki 
             

Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  G+ | Instagram        
                                                             Beijos Fê :* 

Resenha: Dorama - Pinocchio


Olá Catarina´s(os)!

Meu interesse nesse drama foi, primeiramente, pelo nome Pinocchio e também porque acabei confundindo o ator principal com outro – risos! A trama traz uma crítica ao mundo jornalístico, muitas pessoas usam a mídia como forma de destruir a reputação de alguém, sendo que, algumas dessas vezes, elas pessoas são inocentes.

Choi Dal-Po (Lee Jong-Suk) teve sua família destruída por mentiras contadas em jornais da Coreia do Sul. Seu pai, um bombeiro que havia recebido honras por grandes feitos, teve sua reputação destruída por ter levado sua equipe para a morte e ter fugindo logo após entregá-los a destruição – isso segundo um jornal de grande circulação. Os jornais fizeram de tudo para manchar a imagem do bombeiro e incentivaram a população a uma revolta violenta contra a família, levando assim, a esposa ao suicídio.

Os dois filhos que sobreviveram a essa maldade se perderam, já que os acontecimentos deram para eles conclusões erradas a respeito dos fatos. Choi Dal-Po também conhecido como Ki Ha-Myung foi encontrado por Choi Gong-Pil após suicídio da mãe e resolveu esquecer seu passado e viver como filho de seu salvador, fingindo ser um garoto burro ele escondeu sua inteligência por anos e anos para proteger seu pai adotivo e mantê-lo saudável.

Choi In-Ha (Park Shin-Hey) foi abandonada pela mãe, que preferiu sua carreira de jornalista a filha. Confesso que fiquei chocada com a frieza dessa pessoa, colocar um ser tão pequeno e indefeso no mundo e abandonar como se fosse apenas um pedaço de lixo, e mais, foi capaz de destruir a vida de uma família apenas para subir profissionalmente na vida, sem nenhum peso na consciência.

In-Ha foi criada como sobrinha de Dal-Po, porém, ele não tem um parentesco real, senão o adotivo. Ele sempre odiou os jornalistas, no entanto, sempre escondeu de todos, suas razões e por isso manteve In-Ha afastada porque sua mãe é a jornalista que destruiu sua família feliz e amorosa.  


Seo Beom-jo (Kim Young-Kwang) teve grande destaque no drama, pois suas ações ao final foram as responsáveis pelo culpado de todo trauma vivido pela família do bombeiro chegar ao fim. Ele vem de uma família rica e sempre teve tudo que quis, no entanto, nunca se questionou ou mesmo se fez de cego para não ver as ações de quem lhe proporcionava tudo e nem sequer sabia a verdadeira fonte do dinheiro que tinha.

Em suma, esse drama nos mostrar como o ser humano é capaz de coisas terríveis, todavia, também mostra que somos capazes de nos redimir e compreender que nossas maldades, assim como benfeitorias, voltam para nós. 


Título:  (피노키오) Pinocchio 
Gênero: Romance/Comédia
Episódios: 20 
Duração: 60min
Áudio: Coreano
Legenda:  Português 
Onde assistir: DramaFever ou Viki.com


                            


Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  G+ | Instagram        
                                                             Beijos Fê :* 

Minha Jukebox: Westlife - What About Now.


Olá Catarina´s (os)! Hoje vamos de música e espero que curtam a melodia. 

Que tal agora
Sombras preenchem um coração vazio
Enquanto o amor desaparece
Por tudo o que somos
Nós não falamos
Podemos ver além das cicatrizes
E fazer chegar ao alvorecer?

Mudem as cores do céu
E o abram-se
Às maneiras que você me fez sentir vivo
Às maneiras que te amei
Por tudo aquilo que nunca morre
Passar pela noite
O amor irá te encontrar

Refrão
Que tal agora?
Que tal hoje?
E se você estiver fazendo
De mim tudo aquilo que era para eu ser
E se nosso amor nunca tivesse acabado?
E se estivesse perdido por trás
Das palavras que nunca conseguiríamos encontrar?
Baby, antes que seja tarde demais
Que tal agora?

O sol está raiando nos seus olhos
Para começar um novo dia
Esse coração partido ainda pode sobreviver
Com o toque de sua graça
Sombras desaparecem na luz
E eu estou ao seu lado
Onde o amor irá te encontrar

                      
Refrão

Agora que estamos aqui
Agora que chegamos tão longe
É só aguentar firme
Não há nada a temer
Pois eu estou bem ao seu lado
Por toda a minha vida
Sou seu

Que tal agora?
Que tal hoje?
E se você estiver fazendo de mim
Tudo aquilo que era pra eu ser
E se nosso amor nunca tivesse acabado?
E se estivesse perdido por trás
Das palavras que nunca conseguiríamos encontrar?

Refrão (final)
Que tal agora?
Que tal hoje?
E se você estiver fazendo de mim
Tudo aquilo que era pra eu ser
E se nosso amor nunca tivesse acabado?
E se estivesse perdido por trás
Das palavras que nunca conseguiríamos encontrar?
Baby, antes que seja tarde demais
Baby, antes que seja tarde demais
Baby, antes que seja tarde demais
Que tal agora?


Não importa onde você parou....
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível recomeçar.
Paulo Roberto Gaefke


Siga o blog nas redes sociais:
 Facebook  |  Skoob  |  Twitter  G+ | Instagram        
                                                             Beijos Fê :* 

Bandido Bom é realmente Bandido Morto? por Antonio Henrique


Olá Catarina´s (os)! 

Algumas semanas atrás li uma reportagem na Revista GALILEU, da Editora Globo que tem muito a ver com a situação política e criminal do nosso país. Em sua Capa, aparece uma representação de um rapaz negro com uma das mãos amarrada aos pés, morto.

À primeira vista sugere-se uma ação da Polícia. Não é. Apesar de, infelizmente, ainda existirem torturas em alguns porões do país, a reportagem expõe uma chaga que está se tornando maior a cada minuto que se passa. Uma chaga chamada LINCHAMENTO!

Didaticamente falando, o linchamento é fazer justiça com as próprias mãos. Algo que se está crescendo com uma violência estonteante. É um retrato triste de um país que caminha a passos lentos para se ter uma verdadeira Justiça, igualitária em contraste com o crescimento alucinante da criminalidade.

O crime no Brasil aumenta. Fato! A impunidade também. E é preciso combater com rigor essas duas atividades que caminham lado a lado, de mãos dadas. Leis penais precisar ser atualizadas urgentemente. Leis prisionais precisam ser mais seguras e mais rígidas na mesma proporção. Não me levem a mal, mas sempre defendi que se o criminoso não tolera lei, não deveria se beneficiar dela, que é exatamente o que acontece no nosso querido país.

Sou Policial Civil há 25 anos, e já vi muita coisa em meu trabalho como Escrivão de Polícia. Acompanho a evolução do crime, o crescimento da impunidade e a atuação da Lei. Muita gente diz que a Lei não é para todos. Infelizmente tenho a concordar com essa corrente. Em pleno século 21 ainda vão presos os três “P”s: pobre, preto e puta.

E se a Polícia tem esse conhecimento, o povo também. Sempre escuto cidadãos falando que realmente bandido bom é bandido morto. O povo não é besta, ele também enxerga as futilidades da Lei, a impunidade e assim começa a tomar as próprias medidas, que apesar de terem uma visão mais prática e “cheia de boa vontade” também não está isenta de erros.

Vivemos tempos de terror em nosso próprio quintal. A simples menção da palavra bandido faz com que o povo tome medidas, sem tentar entender o que aconteceu. Uma mera acusação pode terminar em tragédia. Não é raro um linchamento acabar acertando a pessoa errada. Apenas pelo fato de alguém ter dito ou ouvido que um determinado indivíduo possa ter praticado um crime hediondo. Pronto. É sinal de que se a Justiça não chega a ele, a Justiça popular vai chegar.


País que quer crescer como primeiro mundo tem que acabar com essas práticas. Leis precisam ser mudadas, atualizadas e ter mais rigor. O bandido só sente na pele que praticou um crime quando fica mais tempo na cadeia. Regime fechado.

Outra coisa que o povo está vendo é a ação dos Direitos Humanos. Que os presídios precisam melhorar, sim, concordo... também concordo que o preso precisa trabalhar para se sustentar. Muita gente não sabe, mas um preso custa caro ao Estado. Quando o criminoso sente o peso do Estado, a criminalidade diminui, exatamente o contrário do que está acontecendo. E sabemos que o pessoal dos Direitos Humanos se preocupam muito mais com os criminosos do que com as vítimas destes.

Bandido bom, não é o bandido morto, mas o bandido que volta à sociedade, depois de ter pago sua dívida criminal. E mesmo assim como se faz critérios para muitas coisas, tem que ter critérios para os criminosos que praticaram crimes hediondos. Não é qualquer um que tem que voltar à sociedade.

Exemplificando a reportagem da Galileu: João acabou de roubar a bolsa de uma senhora idosa, derrubando-a ao chão.  Na fuga, pessoas gritam PEGA LADRÃO! Roberto estava passando e, em um ato muitas vezes impensado, consegue derrubar João. A partir desse momento, muitas pessoas, entre elas Roberto, de posse de paus e pedras, resolvem praticar a própria justiça. A polícia chega, mas o rapaz foi morto. Roberto, igual a todos ali, também praticou um crime; e pior ainda que o que João praticou. Ele também deverá ser vítima da mesma ação que tirou a vida de João?

Vale a pena refletir sobre isso... devemos cobrar atitudes de quem é responsável pela segurança, saúde e educação, tanto nos estados quanto pelo país.




Antonio Henrique 
Autor e colunista.
Visite Navio Errante 


Siga o blog nas redes sociais: